Especialidades

 

O Grupo de Cirurgia Oncológica (GOC), dispõe de profissionais especializados no tratamento do câncer, todos com título de residência médica nas melhores instituições do Brasil

A cirurgia se constitui na principal arma de erradicação do câncer. Em 90% dos casos, é utilizada em algum momento do tratamento do paciente. Comprovadamente a experiência e especialização do cirurgião assegura maior chance de cura do paciente e menor mortalidade associado ao procedimento. O Grupo de Cirurgia Oncológica (GOC), dispõe de profissionais especializados no tratamento do câncer, todos com título de residência médica nas melhores instituições do Brasil, e atuando ainda em atividade de ensino e pesquisa. No intuito de cada vez mais propiciar melhor qualidade de vida ao paciente, sem diminuir suas chances de cura, o serviço encontra-se apto a realizar procedimentos minimamente invasivos no tratamento do câncer (vídeo-endoscopia). O GOC também foi pioneiro no desenvolvimento e introdução de novas técnicas de tratamento do câncer em Salvador, como a Cirurgia Citorredutora com Quimioterapia Intra-Peritoneal Hipertérmica (HIPEC), técnica utilizada no tratamento do câncer disseminado no peritôneo, e que é realizada em poucos serviços do País.

 

 

Áreas de Atuação

  1. Câncer Ginecológico
  2. Câncer de Mama
  3. Câncer do Aparelho Digestivo
  4. Câncer de pele melanoma e não melanoma
  5. Câncer de partes moles

Exibindo minimamente-invasiva.jpg

 

O advento da cirurgia minimamente invasiva representou marco expressivo na evolução da cirurgia moderna. A cirurgia minimamente invasiva passou a incorporar o arsenal do cirurgião como uma poderosa arma a ser utilizada em benefício dos pacientes, em situações indicadas. A cirurgia minimamente invasiva, mais do que apenas uma via de acesso, representa uma nova doutrina cirúrgica.

Os princípios de mínima invasão na integridade corporal, traumatismo tissular e alterações da homeostase fisiológica incluem muitos fatores de tradicional importância para os cirurgiões. Entre as suas vantagens poderíamos citar menos dor pós-operatória, permanência hospitalar mais curta, rápido retorno às atividades habituais, melhor resultado estético, redução significativa de custos globais, especialmente se considerado o período de afastamento das atividades laborativas, e menor índice de infecções.

Na cirurgia oncológica vem sendo aplicada com maior frequência para o tratamento de tumores abdominais, do trato digestório, colorretais, urológicos, ginecológicos e torácicos. Contudo, os mesmos princípios oncológicos da cirurgia aberta devem ser respeitados na cirurgia minimamente invasiva para não comprometer os resultados oncológicos em detrimento da estética. Assim, para aplicar estas técnicas, os cirurgiões devem passar por treinamentos específicos.

O Grupo de Oncologia Cirúrgica – GOC – tem no seu corpo cínico cirurgiões com treinamento para oferecer o que há de mais moderno na cirurgia minimamente invasiva aos pacientes com câncer de diferentes áreas.

Exibindo mastologia.jpg

 

O mastologista é o especialista que previne, diagnostica e trata as doenças da mama. Dentre estas doenças desctaca-se o câncer de mama, neoplasia mais incidente entre as mulheres que acomete cerca de 50.000 mulheres por ano. A atuação do especialista é fundamental para o diagnóstico precoce e sucesso do tratamento. O Grupo de Oncologia Cirúrgica – GOC – dispõe de especialistas no seu corpo clínico capacitados a oferecer os tratamentos mais modernos e eficazes para o combate desta incidente neoplasia.

Exibindo cirurgia-geral.jpg

 

Todo o corpo clínico do Grupo de Oncologia Cirúrgica – GOC – também tem especialização em cirurgia geral e pode oferecer aos seus pacientes tratamento de doenças passíveis de abordagem por procedimentos cirúrgicos, nomeadamente doenças do sistema digestivo e das hérnias da parede abdominal.